RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

UCRÂNIA: ZELENSKY ACEITOU PARTICIPAR EM SESSÃO NO PARLAMENTO PORTUGUÊS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, afirmou hoje que o chefe de Estado da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, aceitou participar por videoconferência numa sessão na Assembleia da República em data ainda a acertar.

“Recebi esta manhã a senhora embaixadora da Ucrânia [Ihna Ohnivets] em Lisboa que me transmitiu a disponibilidade do presidente Volodymyr Zelensky para participar numa sessão da Assembleia da República. A data será agora acertada”, escreveu o presidente da Assembleia da República na sua conta na rede social Twitter.

A disponibilidade do presidente ucraniano para falar por videoconferência aos deputados portugueses já tinha sido avançada por Augusto Santos Silva em declarações à TSF.

Na quarta-feira, a porta-voz da conferência de líderes, a socialista Maria da Luz Rosinha, transmitiu que a proposta de sessão parlamentar por videoconferência com o Presidente da Ucrânia foi aprovada por maioria e teve a oposição do PCP.

Perante os jornalistas, a porta-voz da conferência de líderes referiu que o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, iria contactar o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, para que seja endereçado um convite formal ao Presidente Volodymyr Zelensly para discursar perante o parlamento português.

“A decisão foi tomada por maioria, com a oposição do PCP. A data em que acontecerá essa sessão ficou dependente do convidado”, Volodymyr Zelensky, apontou Maria da Luz Rosinha, adiantando que a expectativa é que a intervenção do Presidente ucraniano aconteça na semana entre 18 e 22 deste mês.

VEJA AINDA:

UCRÂNIA: PORTUGAL VAI RECONSTRUIR ESCOLAS NA REGIÃO DE JITOMIR

Lusa

UCRÂNIA: PELO MENOS 343 CRIANÇAS MORRERAM NA SEQUÊNCIA DA INVASÃO RUSSA

Lusa

PARLAMENTO APROVA MUDANÇAS NA PROTEÇÃO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO ‘ONLINE’

Lusa

PUTIN RESPONDE À NATO E SOBRE A UCRÂNIA ASSEGURA QUE ‘NADA MUDOU’ – GUERRA

Lusa

KIEV SAÚDA ‘POSIÇÃO LÚCIDA’ DA NATO SOBRE A RÚSSIA

Lusa

UCRÂNIA PODE CONTAR COM APOIO DA NATO ‘O TEMPO QUE FOR NECESSÁRIO’ – STOLTENBERG

Lusa