RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

MARCELO ALERTA: ‘SEM ORÇAMENTO DE ESTADO IRÁ DISSOLVER O PARLAMENTO’

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Presidente da República afirmou hoje que irá aguardar até ao último segundo da votação do Orçamento do Estado para 2022 na generalidade e, caso se confirme o chumbo, iniciará logo o processo de dissolução do parlamento.

“Até ao último segundo eu mantenho aquilo que disse: o mais desejável e aquilo que eu esperaria que acontecesse é que o Orçamento passasse. Como sabem, se de todo em todo isso for impossível, se for impossível, eu inicio logo, logo, logo a seguir o processo [de dissolução]”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas.

O chefe de Estado, que falava à saída do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), em Lisboa, referiu que o processo de dissolução implica, “depois de ouvir o senhor presidente da Assembleia e o senhor primeiro-ministro, ouvir os partidos políticos e convocar o Conselho de Estado”.

O PCP comunicou hoje que vai votar contra Orçamento do Estado para 2022 já na votação na generalidade, que está marcada para quarta-feira, confirmando uma intenção anunciada logo no dia seguinte à entrega da proposta do Governo.

Com os votos contra dos 10 deputados do PCP, somados aos dos 19 do BE e aos 86 dos partidos à direita (79 do PSD, 5 do CDS-PP, 1 do Chega e 1 da Iniciativa Liberal), o Orçamento do Estado para 2022 será chumbado na generalidade, com um total de 115 votos contra.

No domingo, também o BE reiterou que irá votar contra – embora condicionando essa decisão à manutenção por parte do Governo da recusa em ir mais além na negociação das nove medidas reivindicadas por este partido – o Orçamento para 2022 na generalidade, como tinha feito em relação ao Orçamento para 2021.

VEJA AINDA:

MÉDICOS: BASTONÁRIO APELA A MARCELO PARA AJUDAR A TRANSFORMAR O SNS

Lusa

MARCELO ESCLARECE: ‘A LEI NÃO PERMITE ESCUSAS DE RESPONSABILIDADE’

Lusa

CHAVES: MARCELO FELICITOU A ACADEMIA DE ARTES PELO PRÉMIO NO WORLD MUSIC CONTEST

Lusa

MARCELO PROMULGA ESTATUTO DO SNS MAS PEDE ‘CLARIFICAÇÃO’

Lusa

MARCELO PEDE ÀS EMPRESAS COM LUCROS EXTRAORDINÁRIOS MEDIDAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

Lusa

MARCELO PROMULGA DECRETO SOBRE PARTILHA INTERNACIONAL DE INFORMAÇÕES CRIMINAIS

Lusa