Connect with us

SOCIEDADE

MÉDICOS QUEIXAM-SE DE VIOLÊNCIA E COACÇÃO

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) avisa que a violência e a coação sobre médicos têm “vindo a crescer ano após ano”, considerando que são situações inaceitáveis.

Datas:

em

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) avisa que a violência e a coação sobre médicos têm “vindo a crescer ano após ano”, considerando que são situações inaceitáveis.

A propósito do caso de agressão física a um médico de família na Chamusca que se recusou a passar uma baixa, a FNAM manifesta “o seu apoio e solidariedade com o colega agredido”.

“Infelizmente, não é um caso isolado. No mesmo concelho, na Extensão de Saúde do Chouto, uma médica de família foi insultada por alguns utentes, tendo, consequentemente, recusado trabalhar naquela unidade de saúde durante algumas semanas”, refere o Sindicato dos Médicos da Zona Sul, integrado na FNAM.

Para a FNAM, “o crescente aumento da violência contra médicos no exercício de funções não é alheio à forma como o anterior e o atual Governo e os respetivos ministérios da Saúde têm vindo a desprestigiar a profissão”.

“Os médicos exigem avaliação das condições de trabalho e a sua melhoria, garantindo a segurança dos médicos no exercício das suas funções e investindo na prevenção. Exigimos como medidas imediatas o reconhecimento à profissão médica do estatuto de risco e penosidade acrescida”, afirma uma nota hoje divulgada.

Um médico de família do centro de saúde da Chamusca foi agredido por recusar passar uma baixa a uma utente, situação que está a indignar a Ordem dos Médicos, que vai avançar para o tribunal.

O médico, recém-especialista, contou à agência Lusa que foi agredido fisicamente pelo companheiro de uma utente que lhe tinha solicitado uma renovação de baixa médica, após ter recusado passá-la.

O clínico, que pediu para não ser identificado pelo nome, tentou procurar junto da utente dados clínicos para a baixa e percebeu que não havia motivos para a passar.

“A utente mostrou-se desagradada e saiu do consultório. Quando eu estava ainda a escrever os dados no processo, entrou no gabinete o companheiro que me agrediu a murro na face esquerda e continuou depois a bater-me até que um grupo de pessoas entrou no consultório e nos separou”, contou à Lusa.

O episódio aconteceu esta semana numa extensão do centro de saúde da Chamusca, que não tem nenhum segurança.

O médico acabou por chamar a GNR, que tomou conta da ocorrência e o escoltou depois à saída. Segundo o profissional, o ministro da Saúde soube da situação e já lhe telefonou. A Ordem dos Médicos teve também conhecimento do caso através de um grupo numa rede social.

O bastonário considera este caso uma “indignidade terrível” e promete apoiar juridicamente este médico.

“Espero que o ministro da Saúde se empenhe neste caso e que o tome como exemplo para o futuro. Se o Ministério não o fizer, vamos avançar com o caso para tribunal”, disse Miguel Guimarães à agência Lusa.

Para o bastonário, a situação é grave, mas não única, sendo que este médico teve coragem de a denunciar.

LUSA

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESPORTOPublicado há 10 horas

SOUSA SINTRA: “É TUDO UMA PALHAÇADA”

O presidente da SAD do Sporting, Sousa Cintra, deixou hoje patente a sua saturação em relação ao presidente destituído do...

REGIÕESPublicado há 16 horas

DRONE INSTALOU A CONFUSÃO NO AEROPORTO DO PORTO

As operações no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, estiveram suspensas cerca de 40 minutos ao início da tarde de...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 16 horas

CRÉDITO AUTOMÓVEL DISPAROU 20% EM JUNHO

Os novos créditos ao consumo automóvel e pessoal cresceram cerca de 20% em junho em termos homólogos e atingiram, em...

DESPORTOPublicado há 16 horas

DESPORTIVO DE CHAVES QUER “REDIMIR-SE” DA GOLEADA PORTISTA

O Desportivo de Chaves quer "limpar a imagem" da goleada sofrida frente ao FC Porto, e somar a primeira vitória...

SOCIEDADEPublicado há 16 horas

HÁ MAIS ANIMAIS ABANDONADOS EM PORTUGAL

A Ordem dos Veterinários alertou hoje para o aumento de animais abandonados e realojados em centros de recolha, admitindo estar...

SOCIEDADEPublicado há 16 horas

SINDICATOS RECLAMAM “ÊXITO” DA GREVE DOS ENFERMEIROS

A greve dos enfermeiros, que durou cinco dias e termina hoje, teve uma adesão de 95%, foi um "êxito" e...

ARTE & CULTURAPublicado há 1 dia

MORREU ARETHA FRANKLIN AOS 76 ANOS

A cantora norte-americana Aretha Franklin, considerada a “Rainha da Soul”, morreu hoje, aos 76 anos, anunciou a sua agente.

REGIÕESPublicado há 1 dia

MONCHIQUE: 70 CASAS ARDERAM, 30 DE PRIMEIRA HABITAÇÃO

O presidente da Câmara de Monchique, Rui André, quantificou esta quinta-feira em 30 o número de primeiras habitações danificadas pelo...

CIÊNCIA & TECNOLOGIAPublicado há 1 dia

DESCODIFICADO O GENOMA DO TRIGO APÓS ANOS DE INVESTIGAÇÃO

Uma descrição detalhada do genoma do trigo foi hoje publicada na revista Science, permitindo no futuro produzir novas variedades do...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

O CALOR ESTÁ DE VOLTA E O ALERTA AMARELO TAMBÉM

A partir da manhã de sábado, catorze distritos vão estar com aviso amarelo devido ao tempo quente, de acordo com...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO
SERVICOS PRO

AS MAIS LIDAS